Dor da Revelação

Hoje pudera apagar tudo que senti,todo amor que dispensei,da fibra que gastei.Dentro de mim resta somente a dor,o pranto não derramado,o beijo que não dei.Na solidão das horas,no arrastar dos minutos vou morrendo,envelhecendo.Meus olhos contemplam noites,eras e ainda prossigo sozinha.Perdida dentro de meu coração vazio, árido.

Belas rosas eu já colhi,e debaixo da sombra protetora do amor já dormir.Hoje nada resta além da noite, da solidão.

Nada fiz,ou fiz demais?Quando devemos parar de amar,de adoçar com beijos a boca amada,afagar o corpo querido.Há um limite,uma linha de onde poderíamos voltar?

Não,receio que não.Agora é tarde alguém já roubou,usou e descartou minha minha jóia rara e imortal.

Continuo sozinha,imortal,intocada.

 

 

:: Postado por Nazarethe Fonseca �s 16h25
::
:: Enviar esta mensagem

ankh

 

 

Vampiros

Uma força além de nossa compreensão.

Um estado de espírito,uma doença em forma de vírus?

Um mito que vem acompanhando a humanidade desde os primórdios.

Um surto,a fonte de todo o mal?

Uma criatura  forte,consciente da sua capacidade de seduzir, caçar,mas que enquanto humano jamais ousou usar.

Ele esta perto da natureza do animal,da fome,do desejo.

Fecha seus olhos e sente a noite a sua volta,ela o esta chamando como um amante,convidando-o ao seu leito.Seu coração ruge faminto,a fome do caçador primitivo esta dentro dele.

Nós a perdemos no exato momento que deixamos as cavernas,que nos civilizamos.

Ela esta com o vampiro,em seus olhos,em seu sorriso,convidando como um velho conhecido, o apelo é irresistível porque o conhecemos,esta dentro de nós, em cada vaso e veia,no coração.

Ceder, é entregar-se ao leito da imortalidade,compartilhar de sua força de sua existência.Correr dentro de suas veias e explodir em seu coração.

 A força do animal continuou dentro do guerreiro imortal,na força de sua espada, no cortar da cabeça.Lutava por um rei,por sua terra,por sua vida.Sangue e vida,vida e almas perdidas,conquistadas.

Na batida selvagem de seu coração,no medo que o faz congelar,na força que o faz prosseguir,em cada segundo que decide ir adiante.

A força de um vampiro esta em seus olhos,em sua boca.

Um mar de sensações e desejos,o toque,o prazer de possuir e ser possuído.

O beijo,a caricias além das mãos,entregue a língua,ao sugar,ao devorar. Trazendo de volta sensações perdidas dos sentidos,olfato,paladar,audição.

Um ato único de dar e receber,tomar e ferir.

Paixão,amor?

Conquistar e sumir deixando somente sabor de seus beijos,a ânsia,o desejo por mais beijos,da mordida.

Proibido,inconfessável,pecado,medo?

Na noite se esconde,vive,persiste,oculta-se,morre e mata.

Ela o cobre um vampiro como um véu de seda.

E ao morrer em seus braços traz consigo o sol.Pois até mesmo a amante mais sincera pode ferir.

 

 

 

:: Postado por Nazarethe Fonseca �s 14h44
::
:: Enviar esta mensagem

ankh

[ Perfil ]

Nazarethe Fonseca
Sou uma mulher, pois, assim o divino me destinou a ser. Estou em constante mudança, evolução e até mesmo sujeita a retroceder. Pois nesse corpo bate um coração, nessas veias corre sangue. E como um animal “consciente, falante, civilizado”, posso incorrer a enganos, atos impensados. Não me limitarei a dá qualidades, pois talvez somente eu as perceba. Citarei que acho mais obvio em minha natureza humana, feminina. Tento sempre ser positiva, otimista, sem parece hipócrita, amiga, segura, forte, persistente, grata, consciente, tolerante, paciente, sagaz, ter um propósito, ser movida pela fé, pela idéia de que a nossa volta existe algo mais que o vazio, o silencio ensurdecedor. Talvez isso não seja tudo, mas certamente é o que me ocorre a essa altura da vida. Pois nada pode ser perpetuo quando somos mortais.



[ Favoritos ]





.::ONDE ACHAR O LIVRO::.


SARAIVA

LIVRARIA CULTURA

TRAVESSA

.::MINHAS COMUNIDADES::.
ORKUT
BELTRANO
GAZZAG

Vestindo: Vestindo
Tempo: Tempo
Sentindo: Sentindo
Bebendo: Bebendo
Comendo: Comendo
Ouvindo: Ouvindo
Lendo: Lendo
Assistindo: Assistindo
Navegando:
Navegando
MSN: Falando com...

Links

:: Alma e Sangue, O Império dos Vampiros
:: Alma e Sangue, O Despertar do Vampiro

Votação

Dê uma nota para meu blog

:: INDIQUE ESSE BLOG

Arquivo do Blog

25/10/2009 a 31/10/2009
25/01/2009 a 31/01/2009
21/12/2008 a 27/12/2008
19/10/2008 a 25/10/2008
14/09/2008 a 20/09/2008
31/08/2008 a 06/09/2008
03/08/2008 a 09/08/2008
27/07/2008 a 02/08/2008
20/07/2008 a 26/07/2008
29/06/2008 a 05/07/2008
23/03/2008 a 29/03/2008
02/03/2008 a 08/03/2008
27/01/2008 a 02/02/2008
25/11/2007 a 01/12/2007
11/11/2007 a 17/11/2007
23/09/2007 a 29/09/2007
12/08/2007 a 18/08/2007
10/06/2007 a 16/06/2007
21/01/2007 a 27/01/2007
14/01/2007 a 20/01/2007
03/12/2006 a 09/12/2006
05/11/2006 a 11/11/2006
08/10/2006 a 14/10/2006
03/09/2006 a 09/09/2006
27/08/2006 a 02/09/2006
02/07/2006 a 08/07/2006
25/06/2006 a 01/07/2006
11/06/2006 a 17/06/2006
21/05/2006 a 27/05/2006
14/05/2006 a 20/05/2006
30/04/2006 a 06/05/2006
16/04/2006 a 22/04/2006
09/04/2006 a 15/04/2006
19/03/2006 a 25/03/2006
12/02/2006 a 18/02/2006
01/01/2006 a 07/01/2006
18/12/2005 a 24/12/2005
20/11/2005 a 26/11/2005
30/10/2005 a 05/11/2005
02/10/2005 a 08/10/2005
18/09/2005 a 24/09/2005
11/09/2005 a 17/09/2005
04/09/2005 a 10/09/2005
28/08/2005 a 03/09/2005
21/08/2005 a 27/08/2005
14/08/2005 a 20/08/2005
07/08/2005 a 13/08/2005
31/07/2005 a 06/08/2005
24/07/2005 a 30/07/2005
08/05/2005 a 14/05/2005
08/08/2004 a 14/08/2004
18/07/2004 a 24/07/2004
20/06/2004 a 26/06/2004
13/06/2004 a 19/06/2004

Visitas


O que é isto?

Leia este blog no seu celular


cat

y

ac

s

 


angel

all

alwals



Créditos
Andréa Cândido
Toca Digital