SÉCULOS

por

Nazarethe Fonseca

Todos os direitos reservados a Autora®

 

 

Faz séculos que não vejo seu rosto,

O mundo se transformou a minha volta e

As sombras me fazem companhia.

Minha espada provou do sangue de muitos inimigos,

E até hoje me pergunto quantos mais terei de matar.

Minha imortalidade é uma maldição.

 

Faz séculos...

Existem tantos recantos no mundo,

Queria vê-los com ao seu lado.

Ver a noite chegar enquanto despertamos juntos.

Provar dos seus doces beijos e acreditar que nada vai mudar

Mas somos imortais e tudo muda ao nosso redor.

Somos folhas ao vento meu doce amor.

E o vento nos leva o seu bel prazer.

Depois de tanta noites e séculos algumas coisas já não importam mais.

 

Dance comigo, deixe-me conduzi-la pelo salão.

Nós somos a luz dentro da noite!

Precisamos um do outro, preciso de você dentro da minha escuridão.

Sinto sua falta, faz séculos que não te vejo.

Preciso saber que está respirando para continuar vivendo eternamente.

Minha dama, meu amor, eu preciso de você.

Deixe-me saber que ainda vive, fitar seus cabelos a luz da lua.

 

Saber que um dia me permitiu te amar.

Que me deixou beijar sua boca, possuir seu corpo.

Tudo que preciso vive em você, em seu sorriso.

Cante para mim,

Deixe-me ficar em seu colo meu doce amor,

O dia está tão longe, temos tempo para mais um beijo.

Uma jura de amor eterno.

Gostaria de ter o poder de morrer,

Para fazê-lo em seus braços.

Mergulhar em sua garganta e leva-la em meu coração imortal.

Tingir teu seio com beijos tintos.

Há séculos eu anseio por seu amor.

Há séculos e nada sou sem você.

Há séculos.

 

:: Postado por Nazarethe Fonseca �s 13h01
::
:: Enviar esta mensagem

ankh

[ Perfil ]

Nazarethe Fonseca
Sou uma mulher, pois, assim o divino me destinou a ser. Estou em constante mudança, evolução e até mesmo sujeita a retroceder. Pois nesse corpo bate um coração, nessas veias corre sangue. E como um animal “consciente, falante, civilizado”, posso incorrer a enganos, atos impensados. Não me limitarei a dá qualidades, pois talvez somente eu as perceba. Citarei que acho mais obvio em minha natureza humana, feminina. Tento sempre ser positiva, otimista, sem parece hipócrita, amiga, segura, forte, persistente, grata, consciente, tolerante, paciente, sagaz, ter um propósito, ser movida pela fé, pela idéia de que a nossa volta existe algo mais que o vazio, o silencio ensurdecedor. Talvez isso não seja tudo, mas certamente é o que me ocorre a essa altura da vida. Pois nada pode ser perpetuo quando somos mortais.



[ Favoritos ]





.::ONDE ACHAR O LIVRO::.


SARAIVA

LIVRARIA CULTURA

TRAVESSA

.::MINHAS COMUNIDADES::.
ORKUT
BELTRANO
GAZZAG

Vestindo: Vestindo
Tempo: Tempo
Sentindo: Sentindo
Bebendo: Bebendo
Comendo: Comendo
Ouvindo: Ouvindo
Lendo: Lendo
Assistindo: Assistindo
Navegando:
Navegando
MSN: Falando com...

Links

:: Alma e Sangue, O Império dos Vampiros
:: Alma e Sangue, O Despertar do Vampiro

Votação

Dê uma nota para meu blog

:: INDIQUE ESSE BLOG

Arquivo do Blog

25/10/2009 a 31/10/2009
25/01/2009 a 31/01/2009
21/12/2008 a 27/12/2008
19/10/2008 a 25/10/2008
14/09/2008 a 20/09/2008
31/08/2008 a 06/09/2008
03/08/2008 a 09/08/2008
27/07/2008 a 02/08/2008
20/07/2008 a 26/07/2008
29/06/2008 a 05/07/2008
23/03/2008 a 29/03/2008
02/03/2008 a 08/03/2008
27/01/2008 a 02/02/2008
25/11/2007 a 01/12/2007
11/11/2007 a 17/11/2007
23/09/2007 a 29/09/2007
12/08/2007 a 18/08/2007
10/06/2007 a 16/06/2007
21/01/2007 a 27/01/2007
14/01/2007 a 20/01/2007
03/12/2006 a 09/12/2006
05/11/2006 a 11/11/2006
08/10/2006 a 14/10/2006
03/09/2006 a 09/09/2006
27/08/2006 a 02/09/2006
02/07/2006 a 08/07/2006
25/06/2006 a 01/07/2006
11/06/2006 a 17/06/2006
21/05/2006 a 27/05/2006
14/05/2006 a 20/05/2006
30/04/2006 a 06/05/2006
16/04/2006 a 22/04/2006
09/04/2006 a 15/04/2006
19/03/2006 a 25/03/2006
12/02/2006 a 18/02/2006
01/01/2006 a 07/01/2006
18/12/2005 a 24/12/2005
20/11/2005 a 26/11/2005
30/10/2005 a 05/11/2005
02/10/2005 a 08/10/2005
18/09/2005 a 24/09/2005
11/09/2005 a 17/09/2005
04/09/2005 a 10/09/2005
28/08/2005 a 03/09/2005
21/08/2005 a 27/08/2005
14/08/2005 a 20/08/2005
07/08/2005 a 13/08/2005
31/07/2005 a 06/08/2005
24/07/2005 a 30/07/2005
08/05/2005 a 14/05/2005
08/08/2004 a 14/08/2004
18/07/2004 a 24/07/2004
20/06/2004 a 26/06/2004
13/06/2004 a 19/06/2004

Visitas


O que é isto?

Leia este blog no seu celular


cat

y

ac

s

 


angel

all

alwals



Créditos
Andréa Cândido
Toca Digital